Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

23º Grito dos Excluídos/as 2017

Os direitos e os avanços democráticos no Brasil, conquistas nas últimas décadas, são fruto das lutas populares. Nossa Constituição Federal de 1988 é um exemplo. Porém, hoje, vários direitos sociais, garantidos pela Constituição, correm o risco de serem usurpados por um congresso, judiciário e executivo que defendem os interesses das bancadas: do boi, da bala, bancos, da bíblia.

A sociedade precisa despertar para a organização popular, a resistência e a solidariedade entre os trabalhadores e trabalhadoras, camponeses e camponesas, comunidade originárias, comunidades tradicionais, que são os seguimentos mais atingidos pelas atuais contra-reformas trabalhista e da previdência! Precisamos retomar a construção do Projeto Popular para o Brasil, onde outro mundo é possível: justo e solidário, onde a vida esteja em primeiro lugar.

Como diz o Papa Francisco: “Nenhuma família sem casa, nenhum camponês sem terra, nenhum trabalhador sem direitos!” A luta é todo dia! Nenhum direito a menos!

Essa luta é nossa! Vamos às ruas nesse dia 07 de Setembro e ousemos gritar:

“Por direitos e democracia, a luta é todos dia” e “Vida em Primeiro Lugar”.

Novidades sobre a manifestação do “Grito dos Excluídos/as” como movimentos sociais em Canindé, em breve!

Saiba mais…

Manifestação em Fortaleza

Concentração: Escola São José do Arpuador (Vizinho ao Seminário Nova Jerusalém – Pe. Caetano) – Rua Francisco Colaça / Barra do Ceará, horário às 8h.

Publicação de conteúdos de mídias: Equipe de Comunicação de Mídias Digitais do Santuário / [email protected]

Veja mais Notícias Destaques!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *