Ir Maria Francisca da Santíssima Trindade celebra 25 anos de profissão religiosa

A Celebração aconteceu no Mosteiro do Santíssimo Sacramento em Canindé e contou com a participação de toda a comunidade, familiares e religiosos.

O mês de agosto é dedicado as vocações e no terceiro domingo, lembramos a Vocação a Vida Religiosa Consagrada. No Mosteiro das Irmãs Clarissas em Canindé este mês ganhou um espaço especial com a celebração da Vocação de Ir Francisca da Santíssima Trindade que este ano comemora seus 25 anos de Profissão Religiosa. 

Ir Trindade é natural de Currais Novos-RN, recebeu no batismo o nome de Francisca das Chagas da Silva. Ingressou no Mosteiro Santa Clara, de Campina Grande na Paraíba no ano de 1992. Na vestição monástica recebeu o nome de Ir. Maria Francisca da Santíssima Trindade. Foi escolhida para estar entre as Fundadoras do Mosteiro do Santíssimo Sacramento em Canindé-CE, chegou ao novo Mosteiro ainda noviça e professou os Primeiros Votos no dia 03 de agosto de 1997. No dia 20 de agosto de 2020, a religiosa fez a profissão de forma definitiva seus Votos de Obediência, Sem Próprio, Castidade e Clausura, segundo a Regra deixada por Santa Clara de Assis.

A celebração do Jubileu de Prata da religiosa aconteceu no dia 21 com uma celebração em ação de graças no Mosteiro às 8h. Os Familiares presentes, amigos e outros religiosos puderam testemunhar na riqueza do simbolismo dos ritos litúrgicos a renovação dos votos e se unir ao sentimento de gratidão elevado por Ir. Maria Francisca da Santíssima Trindade.

Frei Almeida que presidiu a celebração destacou em sua Homilia a relação profunda com a Solenidade que celebramos neste domingo, a Assunção de Nossa Senhora, e o quanto esta data, orna a Festa Jubilar. “A opção da Ir Trindade pela vida religiosa consagrada é uma antecipação deste subir ao céu.” E continuou: “A vida Religiosa Consagrada ainda não é o Reino de Deus em sua plenitude, mas é um Sinal deste Reino de Deus em nosso meio”.

A celebração seguiu com o momento da Renovação da Profissão, benção e entrega das insígnias que simbolizam o sentido esponsalício da Consagração Religiosa e os rito comun á celebração Eucarística. Ao final, durante a leitura de uma mensagem, sua sobrinha destacou a beleza da vida da religiosa e o quanto isso alegra o coração de todos os familiares e lembrou ainda que os religioso recebem três grande privilégios: “A onipotência sem poder, a embriaguez sem vinho a vida sem morte como sempre falou São Francisco.”

Ir Maria Trindade: “Mesmo achando algo estranho, sempre senti algo diferente no meu coração quando entrava no Mosteiro”. 

Preparamos algumas perguntas para que Ir Maria Francisca da Santíssima Trindade pudesse falar mais sobre estes 25 anos de Profissão Religiosa. Embalada pelas poucas palavras mais com vigor e convicção, a religiosa destacou aquilo que é próprio do carisma franciscano: o desejo de se integrar inteiramente a sua fraternidade. 

“Foi algo que nasceu no mais profundo do coração e foi crescendo a partir de quando comecei entender o que Deus tinha para mim.” Destaca Ir Trindade ao ser indagada sobre o início de sua caminhada vocacional. A clarissa também fala que antes da entrada do Mosteiro participou de alguns grupos franciscanos, de discernimento vocacional, mas que quando entrava no Mosteiro sentia algo diferente no coração. “Fui duas vezes no Mosteiro de Campina Grande e não demorei muito para entrar. Com ajuda de Madre Cecilia que foi uma grande incentivadora de minha vocação, logo pude iniciar um processo com as Clarissas, o que me deixou muito feliz.” frisa a religiosa.

Perguntamos a Irmã Trindade sobre o seu Jubileu e o que essa data significa: “Eu pensava que Jubileu era celebrar a velhice, mas ao contrário é lembrar uma longa caminhada já trilhada repleta de desafios. Mas esse momento pra mim tem sido algo diferente, nunca pensei que seria tudo isso que sinto hoje e acredito que deve ser bem vivido.” E mesmo com um receio de olhar para frente, a ir Clarissa destaca que seu grande sonho é ver cada vez mais, com mais jovens e irmãs querendo vive a forma de vida deixada por Santa Clara e querendo viver a santidade.

Ir Trindade também destacou o que mais lhe encantava no carisma de Santa Clara em meio a tantas características que identifica o carisma: “O que mais me encantava e o que mais achava importante na vida de Santa Clara era a Fraternidade. O Silêncio, a vida de oração, a contemplação só conseguiremos viver se antes formos fraternas.” E pedindo para deixar uma mensagem pras jovens que desejam ouvir o chamado de Deus, Ir Trindade foi incisiva: “Não tenha medo, se você se sentir chamada. Os desafios vão nos acompanhar em tudo, o grande diferencial vai ser a nossa perseverança diante deles.”

Fonte: Comunicação Provincial | Irmãs Clarissas de Canindé
Fotógrafo: Roberto Alves
Reprodução: OFM Santo Antônio
https://www.ofmsantoantonio.org/noticia/ir-maria-francisca-da-santissima-trindade-celebra-25-anos-de-profissao-religiosa——-2022-08-21-14-11-25/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Campanha dos Benfeitores

Informações, atualizar cadastro, novo benfeitor, revista, doações

Secretaria do Santuário

Informações, horários de missas, cemitério São Miguel, doações

Secretaria da Paróquia

Informações, horários de missas, batizados, casamentos, dízimo

Pousada Franciscana CEFRAE

Hospedagem, acomodações e refeições para romeiros e visitantes

Livraria São Francisco

Informações, livros, bíblias, artigos religiosos, lembranças do Santuário