Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

TEMA DA FESTA DE SÃO FRANCISCO 2017: FRANCISCO RESTAURA A MINHA IGREJA

Foi em uma capela em ruinas e já inteiramente mudado de coração, e a ponto de mudar no corpo (2 Cel 1) que Francisco rezava diante de um velho e antigo crucifixo que mexendo os lábios lhe chamou pelo nome e pediu para que fosse restaurar a Igreja (2 Cel 3-4) Mesmo sem compreender a profundidade da mensagem, Francisco reconstruiu aquela Igrejinha e assim fez com outras mas só depois compreendeu a Igreja que era ele mesmo.

Em torno desta mensagem a Festa de São Francisco 2017 irá ser norteada lembrando ainda os 200 anos da criação da Paróquia e os 100 anos de sagração do Santuário de Canindé. Será a Festa da Igreja em Canindé.

200 anos da criação da Paróquia

A pedido do povo desde 1801 por conta da triste situação religiosa dos sertanejos e lamentando a pouca assistência do Vigário de São José de Ribamar, criação da Paróquia aconteceu no ano de 1817, por alvará régio de Dom João VI rei de Portugal na época, onde concedia a capela de S. Francisco então filial de Fortaleza, elevada a categoria de matriz colada. A ordem foi cumprida por Frei Antônio de São José, bispo de Pernambuco o qual a primeiro de agosto do mesmo ano confirmou a colação. O primeiro pároco da freguesia Pe. Francisco de Paula Barros assumiu no ano seguinte. (Fonte: Santuário de Canindé)

100 anos da sagração do Santuário

Ao ensejo do 1º Centenário da Paróquia de Canindé em 1917 aconteceu à sagração do Santuário de São Francisco das Chagas pelo Arcebispo de Fortaleza, Dom Manuel da Silva Gomes. Na pedra do altar-mor são colocadas as relíquias de Santa Lúcida e dos Santos Leôncio, Pedro e Basílio. (Fonte: Santuário de Canindé)

Para o pároco e reitor do Santuário de Canindé Frei Marconi Lins, OFM, a temática da Festa vai ser uma grande oportunidade de aprofundar na temática da Igreja a partir de São Francisco, será uma grande formação eclesiológica.

Fonte: Radio São Francisco/Sistema de Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *