Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

Sexta-feira da Paixão no Santuário: a força da provação da cruz

Imagem do Senhor Morto, na sexta-feira Santa da Paixão, no Santuário de São Francisco das Chagas de Canindé

Na Sexta-feira Santa foi recordado momento forte em que levou o povo em todo mundo a refletir sobre a paixão de Cristo pela humanidade. É bem verdade que as dores vividas por Ele ainda estão presentes nos dias de hoje.

O Papa Francisco, trouxe mensagem sobre os sofrimentos provocados pela violência no mundo: “Penso que hoje o pecado se manifeste com toda a sua força destruidora nas guerras, nas várias formas de violência e maus-tratos”: este é um trecho da entrevista que o Papa Francisco concedeu ao jornal italiano “La Repubblica”, publicada esta quinta-feira (13/04).

O Papa afirma que está vivendo esta vigília pascal pedindo com força ainda maior a paz “para este mundo submetido aos traficantes de armas que lucram com o sangue dos homens e das mulheres”. E ainda prossegue: “Já disse várias vezes e repito: a violência não é a cura para o nosso mundo fragmentado. Responder à violência com a violência conduz, na melhor das hipóteses, a migrações forçadas e imensos sofrimentos. No pior dos casos, pode levar à morte, física e espiritual, de muitos, senão de todos”. (from Vatican Radio)

Na celebração da Paixão, das 15h, no Santuário de São Francisco das Chagas de Canindé, o pároco e reitor Frei Marconi Lins, também alertou para o perigo da violência da guerra, daqueles que detêm o poder para mandar no mundo, e pediu para que construamos um mundo de paz, lembrando o sacrifício que o próprio Cristo fez como sinal do amor e compaixão por todos nós.

A celebração prosseguiu com o gesto de respeito e contrição na reverência a cruz de Cristo, e todos puderam manifestar o seu pedido e perdão ao Senhor Salvador. Com a procissão do Senhor morto e de Nossa Senhora das Dores, saindo da Quadra da Gruta, foi conduzida pela ruas da cidade de Canindé, com a participação dos frades, paroquianos e visitantes, ao tom em penitência da Banda J. Ratinho, lembrando a morte de Nosso Senhor e a caminhada de sua Mãe no caminho do calvário, e do povo que também faz o caminho dessa Igreja. A celebração foi  concluída na Igreja de Nossa Senhora das Dores, com a palavra do pároco agradecendo a todos que participaram, logo foi rezado o Pai Nosso e Ave Maria.

Confira algumas imagens da celebração, de 15h, da Sexta-feira da Paixão, dia 14 de abril, da Semana Santa no Santuário de São Francisco das Chagas, em Canindé:

Clique aqui, e confira toda a Galeria de fotos da Celebração da Paixão no Santuário!

Publicação da notícia: Equipe de Comunicação de Mídias Digitais do Santuário. Fotos: Arquivo da Paróquia (Colaboração de fotos: Rogério Sales).

Notícia relacionada:

Continue acompanhando a Programação da Semana Santa 2017, no Santuário:

Ver mais notícias destaque do Santuário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *