Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

Frei Canísio de Lima, Ofm, partiu para a Casa do Pai

Frei Canísio Lima, OFM, frade que já morou em Canindé

Em nota o Ministro frei Francisco Paixão, da Custódia de São Benedito da Amazônia, trouxe comunicado a acerca do falecimento do confrade Frei Canísio Henrique de Lima, OFM, às 19h45, no dia 01 de fevereiro de 2015. Eis a mensagem enviada:

“Frei Canísio Lima, o nosso grande missionário do nordeste, membro da Província Santo Antônio do Brasil, estava atualmente residindo em Monte Alegre, com a família Lins, faleceu aos 96 anos. Ele foi hospitalizado há alguns dias, e dessa vez a Irmã Morte o levou poupando de muito mais sofrimento. Descanse em paz, Frei Canísio! Ele está sendo velado esta noite e amanhã na capela de N.S. de Nazaré, no bairro de Terra Amarela. A noite, seu corpo vai para a capela de Santa Luzia, na Cidade Baixa. E na terça-feira, dia 3 de fevereiro, pela manhã será velado na Igreja Matriz de São Francisco de Assis, onde será sepultado depois da missa de corpo presente, às 19h30. O povo de Monte Alegre deverá homenagear este seu filho ilustre, o primeiro frade presbítero da cidade. Que seu testemunho e exemplo de vida anime cada um de nós na missão de anunciar Jesus, sobretudo aos mais simples e necessitados, como fez Frei Canísio. Deus seja louvado pela vida de Frei Canísio.”

Descanse em paz, dedicado frade missionário, que do Monte Alegre do Pará semeou alegria nos montes e planícies do Norte e Nordeste do Brasil!

Frei Beto Breis (Ministro Provincial)

Saiba mais…

Frei Canísio Lima já passou por Canindé, tendo assumido a Paróquia de São Francisco de Canindé quando frei Lucas Dolle foi estudar em Medellin (Colômbia) um Curso de Teologia Pastoral. Conhecedor das Paróquias do Pará nas quais todos os bairros possuíam sua Capela própria, orientou a Ordem Terceira de Canindé para iniciar a evangelização dos bairros de Canindé: Maria José Santos no Bairro Palestina, Maria de Lourdes Santos no Bairro CAN, Terezinha Santos no Bairro São Mateus, Pedro Félix no Bairro Alto do Tiro, hoje Imaculada Conceição.

No ano de 1981 ajudou a construir uma capelinha para que os romeiros pudessem acender suas velas e quantas quiserem, a fim de preservar a Sala dos Milagres contra a poluição da fumaça das velas.

Fonte: Livro – 90 Anos da Ordem dos Frades Menores em Canindé, do Arquivo da Paróquia de Canindé.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *