Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

“Construir a justiça e a paz no trabalho” é subtema da sexta noite novenário

Neste domingo (30), chegamos ao sétimo dia de Festa de São Francisco e ao sexto dia do novenário. O dia em Canindé foi marcado por intensas movimentações de romeiros vindos de todos os lugares. Isso refletiu na grande multidão que, antes da chegada do Painel, já aguardava na Praça dos Romeiros.

A noite teve como subtema: “Com São Francisco, construir a justiça e a paz no trabalho”, os responsáveis foram a Pastoral Familiar, Catequese Matrimonial e Encontro de Casais com Cristo – ECC. A animação dos cânticos ficaram com o grupo Homens de Boa Vontade, e os estados homenageados, Acre e Tocantins.

Frei Marconi Lins, Reitor do Santuário, em sua saudação na Praça, relatou e prestou solidariedade ao ocorrido neste sábado, dia 29 de setembro, com um ônibus que transportava romeiros de Timom – MA e Teresina – PI, na CE 060, em Caririaçu, município distante 377 km de Fortaleza.

Frei Éderson Queiroz, OFMCap, Presidente da Família Franciscana da Brasil -FFB, pregou pela segunda vez no anfiteatro. O mesmo iniciou saudando o Ministro Provincial, Frei João Amilton, demais frades presentes, religiosos e Ordem Franciscana Secular -OFS.

Logo, o Presidente da FFB, convidou os fiéis a levantarem as mãos, e por três vezes dizerem: “Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz”. Acerca do subtema, Frei Éderson ressaltou: “São Francisco vai trocar de categoria social, de dominador, para dominado, isso para seguir Jesus, se juntando aos pobres e sofredores”.

“Ainda existe trabalho escravo e trabalho infantil no Brasil. Tráfico de mulheres e transsexuais para a prostituição, isso tudo com o objetivo do enriquecimento”, frisou. Ele ainda fez menção a reforma trabalhista, aprovada em julho de 2017, no Senado Federal: “Essa reforma foi feita sem ouvir o povo, foi pensada apenas naqueles que detém o poder”.

Por fim, falou do discurso histórico do Papa Francisco na Bolívia, onde o Pontífice fala que “o futuro da humanidade está, em grande medida, nas vossas mãos, na vossa capacidade de vos organizar e promover alternativas criativas na busca diária dos ‘3 T’ (trabalho, teto, terra)”.

Frei Éderson, além da pregação, conduziu a Adoração e Bênção do Santíssimo Sacramento, momento maior deste novenário que segue até o dia 03 de outubro. O sexto dia também foi marcado pelo segundo dia de coleta vocacional, na próxima terça-feira (02), é o último dia de ajudar as vocações franciscanas.

Confira algumas imagens da novena:

Colaboração: Verlenia Lima
Fotos: Jander Silva e Deassis Alves (Equipe de Comunicação do Santuário/PASCOM).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *