Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

9ª noite da Novena na Praça dos Romeiros é marcada pelo Trânsito de São Francisco

Momento da apresentação da morte de São Francisco, na Praça dos Romeiros

Na 9ª da novena que teve com subtema: ‘’Louvado sejas, meu Senhor, por nossa irmã a Morte corporal, da qual homem algum pode escapar’’, as homenagens das festas em homenagem a São Francisco das Chagas, padroeiro de Canindé, superou as expectativas em relação à quantidade de fiéis.

Ontem, na última celebração de devoção ao Santo, como parte da programação oficial do evento realizado na Praça do Romeiro, um público estimado em mais de 80 mil pessoas de acordo com a Polícia Militar lotaram a praça que por alguns momentos ficou iluminada apenas pela luz de velas e celulares.
Fiéis de todas as idades se encontravam lá para se despedir do santo, agradecer às graças alcançadas e, quem sabe, prometer de voltar no próximo ano. Em pontos estratégicos de devoção, como a Gruta, Casa dos Milagres e Basílica, crianças, adultos e idosos utilizavam roupas na cor marrom, lembrando os trajes de São Francisco, além de ficarem descalços.
O último dia da festa na Praça foi emocionante. Idosos choravam ao agradecer por mais um ano de dever cumprido. Geralmente, eles pediam saúde e paz para voltar nas próximas festas.

Confira a galeria de imagens da 9ª noite da novena na Praça dos Romeiros:

A mensagem da noite da novena pelo reitor do Santuário

Durante a celebração do Trânsito de São Francisco, o presidente da celebração, frei Marconi Lins, destacou a participação dos fiéis e pediu para que a principal chaga da humanidade, o egoísmo, fosse curada. “Aqui, nos curamos de todas as chagas, de modo especial da chaga do egoísmo”. E, ao mesmo tempo em que nos curamos, tornamo-nos solidários e comprometidos com a causa do Evangelho, que é a vida para toda a humanidade’’.

A homilia do pregador da noite

Ministro Provincial Frei João Amilton, OFM, pregador da 9ª noite da novena

O Ministro Provincial frei João Amilton dos Santos na sua pregação lembrou-se da data de seu aniversário dia 02 de novembro dia de finados. ‘’Somos todos irmãos e São Francisco nos acolhe de forma simples e humanitária. Não podemos deixar que as pessoas deixem de acreditar em Deus e no evangelho’’, salientou o Ministro.

Com informações do Santuário de São Francisco das Chagas. Texto colaboração: Antônio C. Alves. Fotos colaboração: João Pedro.

Equipe de Comunicação de Mídias Digitais do Santuário (www.santuariodecaninde.com)

Ver mais notícias destaque do Santuário, clique aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *