Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

Em unidade com a Igreja

Muitas cidades manifestavam o desejo de ter em seu meio esses irmãos outrora desprezados e agora revitalizadores da vida cristã. Pequenos conventos deles surgem por toda parte na Úmbria, Toscana, Lombardia e Ancona.

Vendo aumentar desse modo o número de companheiros, em 1209, Francisco escreveu breve Regra de vida para a Ordem, e vai a Roma com 11 irmãos. Causava impressão aqueles frades pobres, esfarrapados, brincalhões, descalços se dirigirem ao Papa. De início, Inocêncio III mostrou-se contrário e os Cardeais alegaram que já havia Ordens religiosas em número suficiente e que era mais importante reformar o que já existia do que andar criando coisa nova. O Cardeal João de São Paulo, que tinha recebido alguns frades em sua residência, viu a reta intenção deles e intermediou o encontro com o Pontífice.

Inocêncio III estava sentado em seu trono, e os 11 frades mal vestidos e sorridentes o contemplavam como crianças maravilhadas: estavam diante do Papa! Francisco explicou-lhe seu programa. Depois de ouvi-lo, o Papa observou: “Meu querido filho, a vida que levais, tu e teus irmãos, me parece exageradamente rigorosa”, ao que Francisco respondeu: “Veja, Santidade, eu entrego tudo nas mãos de Nosso Senhor Jesus Cristo. Ele prometeu-nos a vida eterna e a felicidade celeste. Como poderia recusar-nos uma coisa tão insignificante como o pouco de que precisamos para viver neste mundo?”.

Obteve a aprovação de Inocêncio III, mas só oralmente. Mais tarde, o Papa comentou que tivera dois sonhos: num, uma palmeira crescia a seus pés e no outro, viu Francisco sustentando com os ombros a igreja do Latrão (catedral de Roma), prestes a cair. Por isso, mandou chamar novamente Francisco e deu aprovação apenas de viva voz. Fez tonsura em todos os frades e deu-lhes a permissão geral de pregar a penitência.

Inocêncio III (1198-1216), foi o mais poderoso Papa da Idade Média. Dominou o mundo e deixou a seus sucessores, por um século, a direção de todas as grandes questões do Ocidente. Era o verdadeiro Imperador do Ocidente, o homem que convocou um Concílio Ecumênico. Reis e príncipes o temiam. E vai ser exatamente este homem que aceita e aprova a vida daqueles irmãos pobre da Igreja se uniam numa única finalidade: a renovação do mundo cristão. Morreu Inocêncio III em 1216, em Perusa, aos 55 anos, abandonado por sua corte e cardeais; os servos pilharam suas roupas, seus bens e muitos objetos. Deixaram-no nu. Mas não morreu completamente só: é quase certo que Francisco estava ao seu lado.

Fonte: São Francisco. O Poeta da criação. Autor:  Pe. José Artulino Besen. Editora: Mundo e Missão.

Campanha dos Benfeitores

Informações, atualizar cadastro, novo benfeitor, revista, doações

Secretaria do Santuário

Informações, horários de missas, cemitério São Miguel, doações

Secretaria da Paróquia

Informações, horários de missas, batizados, casamentos, dízimo

Pousada Franciscana CEFRAE

Hospedagem, acomodações e refeições para romeiros e visitantes

Livraria São Francisco

Informações, livros, bíblias, artigos religiosos, lembranças do Santuário