Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

História

Elevação da Igreja a dignidade de Basílica Menor

A mais nobre distinção ficou reservada a Canindé para o ano jubilar do sétimo centenário da morte de São Francisco, quando a Santa Sé contemplou o Santuário com a dignidade de Basílica Menor, equiparando-o às célebres igrejas de Roma como São Pedro ad vincula, Santa Cruz de Jerusalém, Santa Maria de Trastevere etc.

Nas letras apostólicas “Ex amplissimis” que o Papa sua Santidade realça a extraordinária veneração que o clero e o povo tanto cearense como nordestino e nortista em geral devotam ao Santo de Assis, cuja imagem milagrosa em Canindé atrai as romarias ininterruptamente, máxime porém de setembro até novembro de cada ano. Sujeito à jurisdição do Arcebispo de Fortaleza e por este confiado à esforçada administração dos Franciscanos, vem a ser o Santuário de São Francisco uma fonte de bênçãos para todo o povo católico. O documento pontifício salienta, em particular, os orfanatos e a escola apostólica de Canindé, mantidos então junto com o Santuário pela generosidade dos romeiros, pelo que atendendo ao ardente desejo do Arcebispo de Fortaleza, clero e dos fiéis, resolve o Sumo Pontífice elevar o célebre templo à dignidade de Basílica Menor e conferir-lhe todas as prerrogativas das Basílicas Menores de Roma. Assinadas pelo Cardeal – Secretário Gasparri, trazem as letras apostólicas à data de 30 de novembro de 1925.

Fonte: WILLEKE, Frei Venâncio, OFM. Livro São Francisco das Chagas de Canindé.

Campanha dos Benfeitores

Informações, atualizar cadastro, novo benfeitor, revista, doações

Secretaria do Santuário

Informações, horários de missas, cemitério São Miguel, doações

Secretaria da Paróquia

Informações, horários de missas, batizados, casamentos, dízimo

Pousada Franciscana CEFRAE

Hospedagem, acomodações e refeições para romeiros e visitantes

Livraria São Francisco

Informações, livros, bíblias, artigos religiosos, lembranças do Santuário